Blog

Keep IT on

É como pilotar um carro, olhando apenas para o retrovisor

Após mais uma entrega do TheEye, nossa solução de monitoração inteligente com visão executiva completa, conversava com nosso cliente sobre a percepção do novo produto em funcionamento.  Iniciamos o projeto quando ele nos procurou para desenvolver uma solução customizada que integrasse todos os parceiros na captação de crédito, elemento essencial em um empresa com pontos de coleta espalhados por todo o Brasil. 

 "Sabe Ricardo", falou o executivo, "hoje eu descobri que, na verdade, tomávamos decisões sem ter uma visão clara do que iria acontecer. Era a sensação de dirigir um carro apenas olhando no espelho retrovisor." Falou isso e ao olhar as notificações no celular, notou que havia uma do TheEye mostrando que um de seus parceiros estava fora do ar, demandando uma ação imediata.

 

Parece simples, óbvio e claro. Afinal, qual gestor não quer ter controle de seu próprio negócio e tomar decisões mais precisas? Infelizmente essa não é a realidade. Metade dos executivos prioriza a facilidade na manipulação dos dados para tomar melhores decisões, porém 62% deles ainda usam planilhas ultrapassadas, ou seja, não possuem um sistema eficiente, assertivo e instantâneo de coleta e análise. 

Hoje o que vemos são empresas que parecem carros sendo conduzidos por meio de espelhos retrovisores, sem previsão, e com decisões tomadas sob pressão. O que resta é a torcida para que nada pior possa acontecer, ainda mais em épocas com tanta vulnerabilidade e incerteza. Isso leva as organizações a um ponto cego onde, mesmo que se queira mudar, tudo acontece tão rápido que não há como recalcular rotas.

Implementar nossa solução de monitoramento tecnológico inteligente, que captura informações por todo o Brasil e as mostra em real time, levou este líder a olhar novamente para frente, encarando os obstáculos com previsão. Foi como se tivéssemos instalado um GPS, integrado a um sistema de coleta que calcula todos os sintomas do carro, desde o nível do combustível à força de aceleração. Só que no nosso caso eram parceiros em várias cidades brasileiras. Eliminamos os pontos cegos.

O nosso tanque de combustível estava lá, em um ponto de venda parceiro no Norte brasileiro. O que trouxe ainda mais surpresa e satisfação, quando o dashboard passou a mostrar os pontos de contato em tempo real.

A notificação que fez nosso cliente interromper a conversa havia acontecido há menos de 5 minutos. Ele já estava agindo para interromper o downtime e recuperar as vendas naquele ponto. "Acabei de resolver, Ricardo" continuou agora nosso parceiro. "Semana passada tínhamos um atraso de praticamente um dia para entender o que realmente tinha acontecido na rede de parceiros com reuniões com múltiplas equipes para analisar o que aconteceu. Hoje economizamos tempo, cada vez mais escasso para tomar decisões, e evitamos a perda de alguns milhares de reais para a companhia, além de ver, sem poder fazer nada, nossa fila de atendimento crescer com reclamações. E guardou o celular. Ah, é claro, o espelho retrovisor também foi deixado de lado.

 

E você, já se perguntou hoje qual seria o ponto cego que uma solução de dashboard inteligente poderia dar luz para que possa tomar melhores decisões?


**Artigo escrito por Ricardo Pierini, Diretor de vendas da Pinpoint

Receba primeiro
nossos conteúdos exclusivos

Tem um desafio?

Entre em contato com a gente.
Por favor, preencha o campo requerido.
Por favor, preencha o campo requerido.
Endereço:
Rua Baceunas, 109 - São Paulo/SP
Telefone: +55 11 2359-0440
Email: contato@pinpoint.com.brd
 Facebook   Linkedin  Twitter    WhatsApp
© 2020 Pinpoint - Keep IT on. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por